A cozinha Inteligente vai sugerir o que vais cozinhar

Todas as tecnologias têm vantagens e desvantagens e cada uma adapta-se melhor a cada situação ou pessoa. Para muitas pessoas uma cozinha inteligente é uma Bimby no lugar onde antes era o fogão, para outras, é uma cozinha “robotizada” em que não tens de fazer nada.

A Whirlpool montou na CES 2015 uma cozinha inteligente como muitos gostariam de ter em suas casas. Para a famosa marca de electrodomésticos, as superfícies das cozinhas vão funcionar como os touchscreens dos telemóveis actuais.

Os fogões vão ser capazes de sentir o que colocarmos em cima, a temperatura e se alguma coisa verteu da panela enquanto cozinhavamos.

Os frigoríficos e congeladores vão ser capazes de saber o que colocarmos lá dentro, o seu peso, cuidar da sua conservação e avisar quando os alimentos estão prestes a perecer sugerindo receitas.

Os ingredientes em falta serão adicionados à sua lista de compras podendo ser encomendados online, ou então enviando uma lista de compras para o seu telemóvel para adquirir na próxima vez que dirigir ao hipermercado.

Esta tecnologia já existe e começa a ficar mais acessível ao utilizador comum, visto que cada vez mais fabricantes como a Whirpool, Samsung e LG apostarem em equipamentos que falam uns com os outros, tornando as tarefas domésticas menos penosas e consumidoras de tempo.

Fonte: Mashable