Amazon abre salão de cabeleireiro em Londres

imagem cortesia da amazon

A Amazon não pára de nos surpreender e anunciou ontem a abertura de um salão de cabeleireiro em Londres. O novo negócio que provavelmente servirá de laboratório de teste para as suas novas tecnologias, parece ser um importante passo na forma de abordar o tudo que se relaciona com a venda de produtos para o cabelo.

Desta forma a gigante tecnológica irá testar uma nova maneira para as pessoas escolherem a cor do seu cabelo, o corte que desejam fazer ou outros serviços recorrendo a tecnologia de realidade aumentada.

Segundo a empresa o edifício terá a área de 1500 mt2, distribuídos por dois pisos e localizado na Brushfield Street. Os serviços de cabeleireiro serão fornecidos por Elena Lavigni, já com cerca de 20 anos de experiência no negócio de salões de cabeleireiros e 40 anos como cabeleireira. A empresária e a sua equipa orgulham-se de já ter fornecido serviços durante o evento “Paris Fashion Week”. 

Apesar da Amazon ter entrado nesta área da estética com este novo salão de cabeleireiro, o verdadeiro negócio não aparenta ser o de cortar cabelo, mas sim visualizar a reação das pessoas relativamente à venda de produtos para o cabelo na loja da Amazon, assim como o uso dos seus tablets Kindle Fire e conteúdo que servirão de entretenimento enquanto as clientes estiverem lá dentro, substituindo as famosas revistas conhecidas por toda a gente que já entrou num salão de cabeleireiro.

imagem cortesia da amazon

Os clientes além de escolherem o tom que querem dar aos seus cabelos podem e depois escolher produtos que queiram adquirir para manter a sua aparência simplesmente através de um código QR que ficará exposto nas prateleiras e levará directamente à página do produto escolhido na Amazon.co.uk.

Como estamos em época de pandemia a empresa afirma que não descurou a segurança dos clientes, que por agora serão apenas funcionários da empresa, avaliando a temperatura, fornecendo máscaras e solução alcoólica a quem recorrer a estes serviços de cabeleireiro.