Computadores Lenovo infectados com o Superfish já têm cura

Cortesia: CNN Money
Cortesia: CNN Money

O Superfish é um adware que a Lenovo instalou nos seus computadores. Infelizmente este adware, possui um bug que permite que qualquer pessoa possa ultrapassar os certificado de segurança e fazer um bypass na encriptação ao navegar na internet. Na prática, qualquer pessoa na mesma rede wifi poderia espiar e injectar malware nos dados utilizados para navegar na internet.

A Lenovo que não estava à espera que esta bomba rebentasse e lançou uma ferramenta para remover o adware Superfish e o certificado de segurança dos navegadores de internet.

O Superfish está presente em todos os computadores Lenovo vendidos entre Setembro de 2014 e Janeiro de 2015. Os utilizadores que estiverem infectados pelo Superfish, terão de desinstalar o Superfish e remover o certificado de segurança, de modo a resolver este problema definitivamente.

Caso tenha dúvidas se possui um computador infectado com o Superfish, o Hacker Filippo Valsorda criou uma ferramenta para verificar se o computador está infectado ou não.

A Lenovo afirma que se encontra a trabalhar em conjunto com a Microsoft e a Mcafee para resolver este problema. Temos conhecimento que a Microsoft actualizou o Windows Defender de modo a que este seja capaz de remover o Superfish e o certificado de segurança afectado.

Apesar de não haver certezas, pensa-se que o Windows defender é poderoso o suficiente para resolver de uma vez por todas este problema. Há quem chegue a afirmar, que o anti-virus da Microsoft ou um navegador com certificados de segurança restritos como Chrome, são a única solução.

Duas coisas são certas. A Lenovo vai passar a pensar duas vezes antes de instalar adware nos seus computadores, e as marcas de anti-virus vão ter em breve uma solução para este problema.