Condutores de carros eléctricos colocam-se em risco para carregar as suas viaturas

Condutores de carros eléctricos

Condutores de carros eléctricos colocam-se em risco para carregar as suas viaturas de modo a terem sempre energia nas baterias para quando for necessário.

Os veículos eléctricos apesar de serem uma opção cada vez mais em conta ainda não são adequados para todos. Com o proliferar deste tipo de viaturas, cada vez mais se coloca a descoberto que se não tiveres a tua garagem devidamente preparada para receber o novo carro eléctrico, podes muito bem tornar o teu sonho de “mobilidade verde e sustentável”, num pesadelo diário.

Um artigo publicado no The Guardian revelou que a estrutura pública para carregamento de carros eléctricos no Reino Unido é inadequada, obrigando os condutores ingleses a tomar medidas pouco seguras para carregar os seus carros.

Um inquérito a estes condutores descobriu que em vez dos cabos apropriados e preparados para lidar com energia necessária para carregar os carros eléctricos, os condutores recorriam muitas vezes a extensões domésticas, por vezes usando múltiplas extensões de forma a conseguirem chegar da ficha do carro à tomada de casa.

Quando inquiridos acerca deste comportamento, 74% dos condutores responderam que este se devia à falta de postos de carregamento público na sua área.

Mais gravoso quando segundo o mesmo inquérito, quase 9 em 10 condutores admitiram usar as extensões domésticas em dias de chuva, apesar de terem conhecimento dos riscos que corriam com este comportamento.

Apesar dos pedidos de licenciamento de carros eléctricos ter aumentado 6 vezes relativamente aos últimos 5 anos, o investimento em postos públicos de carregamento parou por dificuldades orçamentais dos governos locais.

As autoridades têm conhecimento destes comportamentos e defendem que os condutores devem ter acesso a uma rede com facilidade de acesso, fiável, segurança e a preços justos e referem que só nos últimos 30 dias foram instalados mais 1000 postos de carregamento públicos no Reino Unido.