GoPro equaciona avançar com processo contra jornalista

A GoPro é provavelmente a marca de câmeras de acção ou action cams mais famosa. Basta passar umas horas no youtube para verificarmos a quantidade de filmagens de qualidade que existem filmadas por GoPros.

Anda a circular na internet um rumor que o acidente de ski de Michael Schumacher foi tão grave devido ao suporte da câmera GoPro. O Jornalista Jean Louis Moncet afirmou na rádio que conversou com o filho de 15 anos de Schumacher e que o suporte da câmera GoPro que este usava na altura do acidente exacerbou a gravidade das lesões.

Segundo a Forbes, a GoPro equaciona avançar com um processo em tribunal, pois após o anúncio de Moncet na rádio, as acções da GoPro continuaram a descer 11,8%, além dos 9% que já havia perdido desde 7 de Outubro. Alguns analistas afirmam que é muito difícil provar que as acções da GoPro desceram devido a este facto. Além disso o índice S&P 500 desceu 7,8% desde 19 de Setembro que foi quando atingiu o seu pico mais alto, confirmando uma correcção.

Jean Louis Moncet no seu Twitter afirma que o que disse na rádio foi apenas uma opinião e que não discutiu o acidente com o filho de Schumacher.

Apesar de ser um rumor que a câmera GoPro causou ou exacerbou a lesão grave de Michael Schumacher na verdade a câmera esteve envolvida no acidente pelo simples facto de ir montada no capacete. Se analisarmos bem muitos dos atletas que usam GoPros praticam desportos radicais e alguns com elevado risco.