Huawei perde licença do Android

Huawei perde licença do Android

Após a polémica do Presidente Donald Trump ter colocado a Huawei numa lista negra de produtos a comercializar nos Estados Unidos, sob a suspeita da empresa estar envolvida num esquema de espionagem chinesa, eis que a Google suspende a licença da Huawei para uso do Android.

Segundo a agência noticiosa Reuters, a Alphabet Inc (Google) suspendeu todos os negócios com a Huawei que envolvam Hardware e Software excepto os que estiverem ao abrigo da licença Open Source.

Este golpe na empresa chinesa significa que a Huawei perde a licença do Android ficando sem o acesso a futuras actualizações do Sistema Operativo, assim como acesso no exterior do território chinês à loja de aplicações PlayStore.

A Huawei que recentemente lançou o Huawei P30 e P30 Pro, com excelentes avaliações perde assim um potencial número de clientes que não estão dispostos a ficar logo após a sua compra com um telemóvel que não poderá ser atualizado nem poderá receber novas aplicações por falta de acesso à PlayStore.

Apesar da companhia afirmar que não existe qualquer relação com os serviços de espionagem chineses e que é impossível o software dos seus equipamentos possuirem qualquer backdoor que garanta acesso indevido e não autorizado aos seus equipamentos, a empresa prevenindo-se de um mau desfecho da pressão exercida pelo governo americano, encontra-se a desenvolver um Sistema Operativo Proprietário para os seus equipamentos.

Nenhuma parte envolvida neste conflito comentou ou confirmou esta situação, mas fontes da Huawei encontram-se confiantes de que tudo será resolvido com um bom entendimento por ambas as partes.