Iphones à prova de água poderão ser realidade num futuro próximo

iphone-a-prova-de-agua

Uma das qualidades que gostaríamos de ver no iPhone, é a capacidade de ser à prova de água. Recentemente soubemos através do Apple Insider, que a Apple entrou com um processo de patente, sobre um método de protecção de componentes electrónicos da humidade.

Este pode ser o futuro dos próximos iphones à prova de água. O processo propõe uma espécie vaporização avançada, que protege os componentes com silicone. Para quem está habituado a usar capas à prova de água, este novo processo ao tornar-se realidade, pode muito bem fazer com que usar capas para ir para o pé da água, seja uma coisa do passado.

O modo como a Apple pretende tornar o equipamento à prova de água não é totalmente claro, no entanto sabe-se que ao contrário da capa que sela todo o iPhone, este processo impermeabiliza a placa de circuitos na sua totalidade com uma camada de produto hidrófobo.

Para conseguir o processo usa uma deposição do produto químico de vapor assistido por plasma. Isto será o suficiente para criar uma camada hidrófoba, prevenindo curto circuitos e que peças de alta voltarem estejam expostas à água.

O grande obstáculo neste momento é o módulo de protecção electromagnética (EMI) presente em todos os seus produtos, que é demasiado pequeno para que se consiga efectuar uma deposição eficaz do produto selante em certas partes do aparelho.

Ainda é cedo para se saber se a Apple vai avançar com esta característica nos seus equipamentos e se em termos de vendas lhe acresce algum valor, no entanto, uma vez que a empresa de Cupertino está cada vez mais envolvida no mercado dos wearables, é bem provável que a capacidade protecção contra à água seja uma característica esperada pelos seus clientes.