Jaguar Land Rover desenvolve sistema para identificar os buracos na estrada

jaguar-land-rover-pothole-alertA Jaguar Land Rover afirma que os buracos na estrada causar 3.864.680.000 de euros por ano em prejuízos, no Reino Unido. A maior parte vezes o buraco encontra-se invisível até que seja tarde demais, ao ponto de perfurar ou rasgar os pneus, causar danos nas jantes e suspensões, partir os eixos e muito mais.

De modo a proteger os utilizadores das estradas, a empresa está a desenvolver um sistema de Alerta anti-buraco (Pothole Alert), que não só identifica a localização do buraco como os classifica consoante a probabilidade de causar dano, avisando outros veículos que possuírem o sistema.

Desenvolvido pelo Centro de Pesquisa Avançada da Jaguar Land Rover, o Pothole Alert é baseado numa tecnologia que avalia a estrada em tempo real, identifica os buracos e ajusta a suspensão em alguns milissegundos. Isto é efectuado através do sistema MagneRide de alta performance e o sistema de controle de suspensão semi-activa, que utiliza partículas magnéticas suspensas no fluido do amortecedor, que modifica a viscosidade na presença de um campo magnético.

Segundo Mike Bell, Diretor Global de Connected Car, Jaguar Land Rover “O MagneRide que equipa os modelos Range Rover Evoque e Discovery Sport, está ligado a sensores que permitem que o veículo se adapte ao perfil da superfície da estrada após identificar buracos ou tampas de bueiros levantadas. O carro é capaz de ajustar continuamente características da suspensão do veículo, dando aos passageiros uma viagem mais confortável sobre pisos irregulares e danificados.”

A Jaguar Land Rover está atualmente trabalhando no melhoramento desta tecnologia, tal como a partilha de dados na nuvem, de modo a avisar outros veículos dos perigos identificados. Desta forma os condutores podem adoptar uma condução mais inteligente e evitar danos, ou o carro pode ajustar sua suspensão automaticamente.

O Pothole Alert será montado no veículo de pesquisa Range Rover Evoque e incluirá uma câmera stereo digital. Esta irá “ver” o caminho à frente do veículo procurando buracos e prever a sua gravidade, mesmo antes do carro alcança-los.

No futuro, a marca desenvolver sistemas que permitam orientar automaticamente um carro em torno de buracos sem que o veículo saia de estrada causando um perigo para os outros condutores.

Se o perigo do buraco for elevado o suficiente, os sistemas de segurança poderão diminuir a velocidade, ou imobilizar o carro para minimizar o impacto. Isto tudo pode ajudar a tornar a condução autónoma uma realidade segura e agradável.

A empresa está também a realizar uma pesquisa com o município de Coventry, sobre como a informação anónima recolhida pelos carros, pode ser usada para informar em tempo real, as autoridades dos perigos da estrada e melhorar o tempo de resposta em caso de serem necessárias reparações na estrada. A empresa pretende ser capaz de fornecer imagens do buraco e uma localização GPS.