MelApp pode ser multada se não provar que detecta melanoma

MoleAppSe bem que a tecnologia tem potencial para ajudar no diagnóstico de muitas doenças, também é verdade que companhias mal intencionadas se aproveitem desta situação para lucrar com produtos que prometem mas não cumprem.

A FTC irá multar em 17.963 dólares a MelApp por este afirmar que sua aplicação possuía a capacidade de diagnosticar ou detectar o risco de contrair melanoma de qualquer pessoa que usasse a sua app.

A MelApp auto denomina-se como aplicação de diagnóstico de melanoma. Para efectuar a detecção do cancro da pele, a app permite que os utilizadores tirem uma fotografia ao sinal ou alteração da pele suspeita, para à posteriori compararem com uma base de dados de fotografias de melanomas.

Claro que a MelApp poderá sempre contestar e até não pagar a multa caso consiga comprovar com fundamento cientifico, que a sua aplicação consegue cumprir o que promete.

Este tipo de situação demonstra que a partir de agora será cada vez mais difícil lançar uma aplicação de saúde, que se aproveite do medo ou desconhecimento das pessoas, para lhes sacar mais uns euros da carteira de forma abusiva.

Agrada-nos saber que as organizações governamentais estão atentas, não permitindo que qualquer empresa tente substituir os profissionais de saúde com uma simples aplicação.

 

Fonte: Venture Beat