Motorola responde às palavras de Joni Ive

moto-x-china

Comentários do famoso designer da Apple, Jony Ive, incomodaram a Motorola. O designer numa entrevista afirmou que “deixar as pessoas personalizarem os seus telefones, é o mesmo que abdicar da sua responsabilidade como designer”.

Ian Parker ao escrever as palavras de Jony Ive, não identificou a companhia a que este se referia quando proferiu tais palavras. No entanto é claro que Ive pretendia dirigir-se à Motorola que com o seu programa MotoMaker permite aos clientes da AT&T personalizarem os seus próprios telefones Motorola MotoX.

Rick Osterloh, presidente da Motorola, numa entrevista à BBC afirmou que a Motorola e a Apple possuem filosofias diferentes. A empresa da Google, acredita que o utilizador deve estar envolvido no processo de design dos produtos. Referiu também que não acredita que o futuro seja companhias como a Apple, fazerem tanto dinheiro com produtos muito caros.

Estas guerras de palavras não passaram disso e em nada acrescentam valor para o consumidor. Se por um lado a Apple vende os seus iPhones por preços bastante elevados, por outro a Motorola também os pratica nos seus topos de gama. Só nos equipamentos de gama média e baixa, como o Motorola Moto G e Moto E, é que a marca da Google conseguiu singrar e marcar a diferença no mercado.