Novo Macbook Pro consegue ser 30 porcento mais rápido

A Apple anunciou recentemente uma nova fornada de portáteis Macbook Pro, mais poderosos que a geração anterior.

Como se não fosse suficiente a empresa de Cupertino informar que os novos MacBooks Pro são mais rápidos que os anteriores, surgiram agora benchmarks a comprovar isto mesmo.

Os novos Macbook Pro equipamentos com os novos processadores na versão mais “vitaminada” intel core i9 de 8 núcleos e uma velocidade de relógio de 2.4GHz com Turbo Boost até 5.0GHz e 32 GB de RAM, conseguem ser mais rápidos em cerca de 30%.

Estes MacBook Pro mais recentes conseguiram um benchmark de 29184 publicado GeekBench enquanto o Macbook Pro anterior com processador intel core i7 de 6 núcleos conseguiu um benchmark de 22620.

Estes números são muito bons, no entanto a maioria dos utilizadores não se preocupa com benchmarks e deseja apenas um computador de qualidade que dure muito tempo e não esteja sempre a incomodar com formatações, lentidões ou coisas do género.

Além disso uma configuração de topo para um Macbook Pro com processador intel core i9 de 2,4 GHz com turbo boost até 5,0 GHz e 32 GB de RAM pode custar 4099€ que se for configurado com um SSD de 4TB e uma gráfica Radeon Pro Vega 20 com 4GB de memória HBM2 fica o preço inflacionado para uma quantia exorbitante de 7885,81€

Quem não necessita de um portátil de 15 polegadas todo “artilhado” pode sempre escolher a versão base que vem equipada com processador Intel Core i7 6-core de 9.ª geração a 2,6 GHz eTurbo Boost até 4,5 GHz, uma Radeon Pro 555X com 4 GB de memória GDDR5, 16 GB de memória RAM DDR4 a 2400 MHz e um SSD de 256 GB por 2899€.

Esperemos que com valores destes a Apple tenha conseguido resolver o problema do teclado.