O Departamento de Imigração Australiano acidentalmente revelou detalhes dos passaportes dos líderes mundiais

g20-lideresO autocomplete é uma função óptima que nos permite poupar tempo a escrever. O computador através dos nossos textos anteriores, tenta adivinhar as palavras que iremos escrever a seguir enquanto teclamos.

Se bem que esta função pode ser extremamente útil, o reverso da medalha também pode acontecer. Em computadores partilhados ou públicos, poderemos estar a partilhar algo que é privado ou confidencial e que não queremos que chegue a mãos alheias.

Na Cimeira do G-20 em Novembro passado, o Departamento de Imigração Australiano acidentalmente revelou detalhes acerca dos passaportes e vistos dos líderes mundiais presentes, onde se incluía o Presidente Barack Obama, O Primeiro Ministro Britânico, David Cameron e o Presidente da União Soviética Vladimir Putin.

Os pormenores dos diplomatas, foram enviados para os organizadores do torneio de futebol da Asia Cup, que provavelmente ficaram felizes pela presença de tais ilustres figuras do xadrez mundial.

Os detalhes dos líderes mundiais foram acidentalmente revelados quando um funcionário do Departamento de Imigração e Proteção de Fronteiras Australiano enviou um e-mail contendo a referida informação, mas não verificou se o Outlook auto completou com a informação correcta.

O Departamento de Imigração Australiano garante que o destinatário apesar de não autorizado, se desfez das informações sensíveis.

Infelizmente soube-se deste incidente por estarem envolvidas figuras políticas de peso, no entanto, é bem provável que já tenha acontecido anteriormente.

O Departamento da Imigração Australia foi o único lesado deste incidente e como tal terá de verificar todos os seus procedimentos, de modo a impedir que incidentes deste género se repitam no futuro.

Fonte: Geek