OSX Yosemite, impossibilita arranque com SSD de terceiros

Há um novo recurso de segurança no OSX Yosemite que faz com que o seu computador não arranque, caso possua um SSD externo à Apple com o trim suport activo.

Ligar o Trim suport é uma boa forma de aumentar a vida dos SSDs. O mau desta história é que o OSX Yosemite, só suporta SSDs fornecidos pela da Apple.

Alguns utilizadores para poderem fazer upgrade de disco rígido para SSD, usaram uma ferramenta chamada trim Enabler que permite conseguir instalar um SSD de terceiros modificando os drivers necessários e autorizados pela Apple. Com OSX Yosemite, a Apple reforçou as defesas do OSX e uma das formas encontradas foi colocar políticas de drivers mais rigorosas.

O Yosemite usa uma configuração chamada kext (kernel extention) definida de fábrica. O kext quando está ligado não permite o funcionamento de drivers de terceiros, coisa que é necessário no upgrade de muitos SSDs.

Vários donos de Macs que adquiriram os seus sistemas anteriores ao Yosemite e fizeram upgrade de SSD, ficaram com os seus Macs inutilizáveis após a actualização para o Yosemite. A única maneira tornar o seu sistema funcional foi desativar o trim suport no novo SSD.

Reativar o trim suport é possível no Yosemite, mas exige a desactivação da assinatura kext. Infelizmente a Apple ou está diminuindo a vida útil dos SSDs ou em está a desligar um dos principais recursos de segurança do Yosemite. Fica ao critério do utilizador o que acha mais importante.

update: 25/02/2015

Apesar de não conseguirmos confirmar se funciona, o Cindori Trim enabler segundo o 9to5Mac já suporta o OSX Yosemite 10.10.2 e 10.10.3, no entanto é preciso ter muita atenção, que antes de fazer qualquer actualização é necessário desligar o Trim enabler, para não correr o risco de ao iniciar ficar com o ecrã cinzento. Se tiver o azar de ir para o ecrã cinzento é só seguir estas intruções.