Passageiros empurram avião para poder seguir viagem

passageiros empurram avião
Muitas das vezes pensamos que temos problemas nas nossas viagens de avião, no entanto, apesar de tudo nunca tivemos de empurrar o nosso próprio avião, muito menos em temperaturas negativas de menos 61 graus, como aconteceu a um grupo de viajantes na Sibéria.

Aparentemente um técnico usou o tipo de lubrificante errado no trem de aterragem, o que estranhamente ainda tornava a aeronave (Tupolev) Tu-134 tecnicamente apta para voar. O erro causou com que as pastilhas dos travões do avião congelassem. Na prática originou com que uma das rodas do avião congelasse juntamente com a pista do aeroporto de Igarka, localizado logo acima do Círculo Ártico.

Graças à força destes prováveis e sem outra hipótese passageiros voluntários, o avião foi capaz de descolar e pousar no seu destino em segurança. Não conseguimos perceber como é que alguém embarca naqueles condições e tem fé de que tornará a aterrar em segurança. Sem dúvida que os siberianos são claramente feitos de outro material. Pensem nisso nas próximas vezes que os vossos voos forem alterados ou cancelados por falta de condições de segurança ou pequenas avarias técnicas .