Phillips lança wearable para doentes crónicos

Já há muito que os entusiastas do desporto usam cardio-pulsímetros. Falamos o outro dia nos peúgos inteligentes e da google que está a testar um serviço de consultas médicas online. Todos estão de olho nos milhões que podem lucrar com a saúde, visto ser um mercado grande e com muita potencialidade.

A Phillips em conjunto com a Radboud University Medical Center na Holanda, está desenvolver um “wearable” , destinado ao doentes com doença pulmonar obstrutiva crónica.

Os “wearables” actuais não podem ser usados pela comunidade médica, uma vez que não são certificados para tal. A Phillips, pretende mudar isso.

Os dados deste aparelhos irão ser alojados na nuvem, numa plataforma da phillips, para após serem usados por várias apps construídas para o efeito.  O aparelho é suposto recolher dados após a alta hospitalar. Estes dados são actividade física, parâmetros respiratórios, apneia de sono, qualidade do sono e avaliação do ritmo cardíaco.

O ganhos em saúde podem ser muito grandes, uma vez que o seu médico fica com uma quantidade de dados que até hoje não existiriam.