Samsung Galaxy Fold desaparece tão rápido como apareceu

Samsung Galaxy Fold

O Samsung Galaxy Fold não saiu como a marca sul coreana esperava. Apesar de milhares de testes efectuados por robôs que abriram e fecharam até à exaustão o telemóvel, este equipamento desde cedo começou demonstrar falhas na sua concepção.

Os poucos aparelhos que foram testados por humanos começaram a dar problemas nas mãos dos utilizadores após muito pouco tempo de experimentação.

Todos são unânimes nas primeiras impressões, um bom conceito e um telemóvel espetacular…até partir.

Uma película transparente no ecrã interior não deveria ser retirada, foi destacada por alguns reviewers por pensarem ser uma simples película de proteção e o ecrã deixou de funcionar.

Ecrãs que simplesmente depois de abrir e fechar algumas vezes tornavam inúteis com um dos lados a funcionar e o outro simplesmente branco.

Mas a gota de água foi o Teardown efectuado pelo iFixit, que colocou descoberto as vulnerabilidades de concepção e a fragilidade deste equipamento ao pormenor.

Após desmontar Samsung Galaxy Fold e apresentar ao mundo, a iFixit recebeu um pedido da Samsung para retirar do seu site os videos em que desmontavam o aparelho. Apesar de não ser obrigada retirar o video, a ifixit por respeito e protecção de um dos seus parceiros retirou o video do Teardown.

A Empresa sul coreana ainda deve estar a ressacar com a má publicidade acerca de seu mais novo equipamento, no entanto, há que perceber que conceitos novos podem sempre trazer problemas inesperados e a companhia vai ter de investigar que parte do design e dos testes correram mal.

Este episódio deveria ser evitado, pois um telemóvel na gama dos 2000 dólares não pode de forma nenhuma apresentar este tipo de falha. São acontecimentos destes que acabam por retirar prestigio à marca afastando clientes e investidores.

Infelizmente este não é o primeiro incidente que acontece com telemóveis da Samsung, ainda nos recordamos do grande flop que foi o Galaxy Note 7, em que as baterias simplesmente se incendiavam, com alguns incidentes a acontecer nos aviões ao ponto de serem banidos de dentro de qualquer aeronave.

Apesar de todos estes problemas, enquanto funcionou o Samsung Galaxy Fold apresentou-se como um telemóvel inovador e foi espetacular provar um bocadinho do que o futuro nos tem para apresentar. 

We tried to review the new Samsung Galaxy Fold — but it broke after two days of use from CNBC.