Sapatos que Crescem podem ajudar a calçar crianças de países pobres

sapato-que-cresceDesde o nascimento do meu filho, que reparei na quantidade de dinheiro que os pais podem gastar em  roupa e calçado, devido ao rápido crescimento das crianças. Enquanto que uns se queixam da lentidão do computador que não permite visualizar um filme do Youtube em condições, outros queixam-se de não ter dinheiro para vestir ou calçar os seus filhos.

Apesar de bastante simples, Kenton Lee inventou um novo tipo de calçado, que permite aumentar o tamanho de um sapato 5 vezes, acompanhando o crescimento da criança.

Apesar de não ser indicado a todas as estações do ano ou climas frios, os Sapatos que Crescem pode ajudar países em vias de desenvolvimento e não só, a calçar as suas crianças de uma forma relativamente barata e duradoura.

Os Sapatos que crescem têm bastantes pontos a seu favor. É fácil decidir qual comprar pois só existem dois tamanhos (grande e pequeno), só existem numa cor, podem ser bastante baratos de fabricar (100 pares custam cerca de 11 euros), são fabricados usando apenas cabedal e borracha e as peças em metal para ajustar o tamanho. O melhor de tudo é que são fáceis de reparar, coisa que começamos a esquecer que existe.

Até o seu transporte é fácilitado pelo seu design. Quando 50 pares cabem dentro de uma mala de viajem, imaginem a quantidade de pares que não leva um contentor de 40 pés.

Considerando que este calçado é feito para durar, o seu custo anual torna-se irrisoriamente baixo, ficando em menos de dois euros por ano.

Este calçado foi desenvolvido a pensar nas crianças de países pobres que nem dinheiro às vezes têm para comer, logo, comprar um par de sapatos todos os anos é uma coisa impensável.

Com este sistema e alguns apoios de ONGs, pode ser que em breve não haja necessidade de alguém andar descalço.

Isto é a prova que nem toda a tecnologia passa por um chip.


Fonte: theshoethatgrows.org via Geek