Spartan será o próximo navegador da Microsoft

Após ter acabado a imposição de União Europeia que obrigava à Microsoft colocar à disposição dos utilizadores do Windows a opção de escolher vários navegadores de internet, é provável que o próximo navegador de internet do Windows 10 não seja o Internet Explorer.

Thomas Nigro, um aluno do programa Microsoft Student Partner, no twitter afirma que a Microsoft irá lançar um novo navegador de internet, que virá pré definido no Windows 10 e não é o Internet Explorer.


Aparentemente o novo browser da Microsoft virá com o nome de código Spartan e segundo Mary Jo Foley, este navegador é mais um rebranding do que uma inovação. Este novo navegador em vez de usar o Webkit como outros navegadores de internet conhecidos (Safari e o Google Chrome que usa uma versão do webkit chamada de Blink) vai usar o motor Javascript Chakra, assim como o motor de renderização trident.

É muito provável que o próximo navegador da Microsoft torne-se mais parecido com o Firefox e o Google Chrome, suportando extensões e seja mais “leve” com baixo consumo de recursos do sistema. Este novo navegador equipará todos os dispositivos Windows de secretária ou móveis.

No dia 21 de Janeiro provavelmente iremos saber mais pormenores acerca do Spartan quando a Microsoft revelar mais informações acerca do Windows 10.

Apesar do Internet Explorer gozar de má reputação, o rebranding do navegador oficial da Microsoft é sem dúvida uma medida sábia para ver se a marca se livra do estigma criado anteriormente. Á semelhança da Apple a empresa de Redmont prefere usar as suas ferramentas em vez de navegadores de terceiros.

Um porta voz da Microsoft explicou à Mashable que por agora não tem nenhum informação que possa partilhar acerca do assunto. Resta aguardar para ver como o novo navegador da Microsoft se vai comportar e se vai conseguir se livrar da “maldita” herança não merecida do Internet Explorer.