Toyota disponibiliza 5680 patentes relativas à pilhas de hidrogénio

cortesia: Mashable
cortesia: Mashable

A Toyota anunciou que iria abrir 5680 patentes relativas à pilhas de hidrogénio. Esta atitude da Toyota vem no sentido de apressar a pesquisa e desenvolvimento relativo a esta área. Bob Carter, vice Presidente Sénior das operações automóveis, apresentou a notícia enquanto salientava as vantagens do seu automóvel a pilha de hidrogénio, o Toyota Miro.

“Eliminando as barreiras corporativistas, podemos aumentar a velocidade de desenvolvimento de novas tecnologias, de uma forma mais rápida, eficaz e económica.”

Para muitos dos presentes durante a apresentação, a abertura das patentes, representa umas mudança de paradigma que forçará a TESLA a abrir também as suas patentes nos carros eléctricos.

A primeira geração de veículos a pilhas de hidrogénio será lançada entre 2015 e 2020. Apesar de um intervalo de 5 anos ser muito tempo, o seu lançamento prevê um esforço e uma colaboração não convencional, entre construtores de automóveis, reguladores governamentais, Instituições de investigação tecnológica e provedores de energia.

Será interessante ver a luta entre a startup TESLA e a velhinha Toyota, na guerra dos veículos automóveis. Enquanto a TESLA apenas necessita de armazenar energia eléctrica, a Toyota necessita de energia eléctrica, para poder produzir as ainda muito dispendiosas pilhas de hidrogénio.

Ambas tecnologias necessitam de electricidade, que pode ou não provir de fontes renováveis.