Windows 10 recorre a autenticação por dados biométricos

microsoft-helloO Windows 10 está literalmente a levar a segurança muito a sério e é capaz de ser o primeiro sistema operativo a acabar de uma vez por todas com as passwords tal como estamos habituados.

A Microsoft apresentou a semana passada um novo sistema de segurança, que recorre a dados biométricos e designa-se de Windows Hello. Este sistema de autenticação vai ser possível em todos os dispositivos móveis e desktop que possuírem o Windows 10 e que possuam o hardware necessário para suportar esta função.

O Windows Hello recorre às impressões digitais, ao scan da íris e reconhecimento facial para substituir as passwords. Estes dados biométricos serão guardados localmente nos seus dispositivos, pelo que não há o risco de ficarem alojados em servidores remotos.

Apesar dos críticos afirmarem que estes dados podem ser replicados através de fotos HD e de até já se ter dado o caso de um hacker ter conseguido copiar a impressão digital da Ministra da defesa alemã, a Microsoft afirma que o Windows Hello possui um grau de segurança de nível empresarial e não poderá ser enganado por uma fotografia ou  selfie.

A empresa de Redmont também revelou que se encontra a desenvolver uma tecnologia chamada de “Microsoft Passport”, que irá permitir aos desenvolvedores de software a integração da autenticação por dados biométricos nas suas aplicações, sítios da internet e serviços, sem recorrer às passwords tradicionais. A única coisa necessária será a confirmação de que o dispositivo está mesmo na posse da pessoa certa, que será confirmado por um pin ou pelos dados biométricos.

 

 

Fonte: Mashable